domingo, 17 de abril de 2011

Não é pra todo mundo.

Duas coisas que "não são pra todo mundo": Consideração e Senso.

Quando eu me refiro a senso, eu falo de Bom senso, de semancol, de chá de se-liga.
Quando eu me refiro a senso, eu falo de ter o bom senso em saber tratar as pessoas. De ter o bom senso de não magoar ninguem de graça. Ter o bom senso em saber lidar com o obvio. Sim, porque existem coisas obvias que não precisam ser ditas... A gente tá vendo aquele errozinho alí, a gente sabe, não precisa apontar não.
Palavras machucam. existem pessoas que sabem disso e pessoas que não sabem. As que sabem e machucam são pessoas desprezíveis. As pessoas que não sabem e machucam são pessoas idiotas, que não tem senso, nem bom senso, muito menos semancol. Pessoas com atitudes idiotas, falando coisas igualmente idiotas.. Por que? Porque não tem consideração pelas outras.

E Definitivamente, consideração não é pra todo mundo.

A gente perdoa falta de carinho, falta de amor, falta de atenção, falta de tempo, de sentimento, de qualquer coisa... menos falta de consideração. Porque ter consideração é ter respeito, o mínimo que seja de respeito por uma pessoa... o mínimo de consideração. Se não há consideração, não há nada. Falta de consideração é um desprezo velado. Falta de consideração é desamor não assumido. Falta de consideração é falta de humanidade, de bom senso, de semancol.
Falta de consideração é falta de ser gente.
E sinceramente? Ninguem aqui merece se envolver com um animal.



Tenham consideração pessoas. Tenham senso. Façam valer.






3 comentários:

Tianna Kelly disse...

PORRA, BOTOU PRA FUDER AGORA!
é isso ai mesmo pow, Certa até demais!

O minimo que as pessoas tem que ter é consideração, prestar atenção no que fazem e falem pra nao magoar os outros!

FAÇAM VALER SEMPRE!

Anônimo disse...

Porraa, isso é o que eu chamo de falar a verdade na cara, na lata, com força e sem cuspe!

Amapola disse...

Boa tarde.

Estou lhe seguindo e voltarei depois, para ler com mais calma.

Feliz Páscoa!!

Um grande abraço.
Maria Auxiliadora (Amapola)