sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Relações de conveniência

Oia eu aquêê meu povo!  Tô cheia de novidades e histórias pra contar!
Mas antes, quero fazer esse post que é um mix de conscientização, alerta e chá de se liga!

E o post de hoje é sobre namoros de conveniência. E eu nem vou falar sobre aqueles namoros onde há conveniência de interesses($$$$$$$$$$$$), porque né.
Eu estou aqui hoje pra limpar a barra de Murphy! Calma que eu vou explicar.
Já C-A-N-S-E-I de ouvir (e eu cansei mesmo hein? parem pelo amor de Deus.) leitoras, amigas e afins se queixando com algo assim "Ahhh, no carnaval surgem todos os solteiros da face da terra, e se eu namoro eu não posso aproveitar, mas no resto do ano eles se escondem e eu só vejo casais, isso é coisa de Murphy".

Não meu bem, Murphy não tem nada a ver com isso. E eu posso garantir que não existe um mundo subterrâneo em que os solteiros vegetam o ano todo e brotam no carnaval tipo assim, do chão.
Falar que hoje as pessoas namoram mais por status do que por qualquer outra coisa é clichê, todo mundo sabe.
O que as pessoas parecem não enxergar (principalmente mulheres apaixonadas-comedoras-de-capim) é que se o cara namora com você por conveniência, a partir do momento que não for mais conveniente namorar a sua linda pessoa, o namoro vai pra cucuias.
Ta começando a entender de onde chove tanto solteiro no carnaval né?

Vamos deixar a ótica das solteiras, e analisar pela óticas das compromissadas.
É impressionante como alguns "homens" (e dá pra chamar de homem produção?) resolvem entrar em crise existencial justamente as vésperas do carnaval.
Nunca reparou?
Outubro, tudo são flores.
Setembro, o amor é lindo.
Novembro, a paixão consome.
Dezembro, amor eterno amor infinito.
Janeiro, "Precisamos conversar".

E repare que esses "homens" (Ou seria melhor" representantes masculinos da especie humana"?) são super coerentes: "A gente precisa de um tempo, você não confia mais em mim", "A gente precisa terminar, eu estou confuso com os seus sentimentos", "é melhor a gente dar um tempo, eu não entendo porque você ainda tem o numero do seu ex-namorado casado, pai de familia e residente em outro pais no seu celular"
Agora você já entendeu de ondem surgem tantos "solteiros" em época de festas né?

A unica coisa mais incrível que a crise acomete essa classe de seres, é a forma como ela vai embora junto com o ultimo trio da avenida. (E você aí achando que "quarta feira de cinzas" era outra coisa!).

Portanto moças bonitas, bem resolvidas e namoradeiras, quando seu namorado Tiver um APPC (Ataque Psicológico Providencial Carnavalesco), e precisar de um tempo pra pensar... você precisa compreender, essa não é uma doença fácil. Alias, desconfio que seja uma das mais difíceis de se curar (cura pra mau-caratismo, não temos =*). Dê tempo a ele, mas muito tempo mesmo.. tipo assim, dê toda a eternidade! Sacou? Será que eutôfalanucasparede??

Ontem conversando com uma amiga, consegui diagnosticar um clássico APPC e apresento-lhes a solução:

Amiga-desmiolada: Thaay, meu ex quer voltar!
SuperSinceras: Manda ele voltar
                        é pro buraco de onde ele saiu.*


* Este medicamento não possui contra-indicações.


Beijos Super Sinceros, e façam valer =**




4 comentários:

Encalhada Mor disse...

Adooooorei! É exatamente isso!
A sociedade é muito hipocrita com relacionamentos de aparencia, cheios de interesses financeiros, mulheres (e homens tambem) querendo status. Mas na hora da curtição querem ficar livres leves e soltos! AAAAA VÁÁÁ

Adorei a sua solução! arrazou no post!

Daiana Melo disse...

Uhuuuuuuuuuuuu,Mil vezes curti!

eu já tive um namorado desses, mas só percebi quando me livrei dele.
Eu ficava peeeessssima, achando que a culpa era minha, que eu tinha feito algo de errado, enquanto o fdputa saia pegando todas como se fosse solteiro. A melhor coisa que fiz foi terminar!

Aprendam com elas meninas, bjos ;*

Anônimo disse...

É bem por aí, tem que terminar e principalmente NÃO VOLTAR JAMAIS. se o cara não sabe aproveitar a folia e curtir ao seu lado, então ele não merece estar ao seu lado!

Dama de Cinzas disse...

Saudade desse seu jeito debochado e engraçado de dizer coisas certas. rsrs

Realmente, cada dia que passou me convenço que relacionamento do jeito que as coisas estão, ter um bem legal é meio que ganhar numa loteria.

Beijocas